Morre o evangelista Luis Palau, considerado sucessor de Billy Graham

Depois de uma batalha de três anos contra um câncer de pulmão em estágio avançado, o evangelista Luis Palau morreu aos 86 anos nesta quinta-feira (11) em sua casa em Portland, Oregon (EUA). 

Nascido na Argentina, o evangelista estabeleceu seu ministério nos Estados Unidos e se tornou um dos sucessores mais proeminentes de Billy Graham, pregando o Evangelho em mais de 80 países ao redor do mundo.

Sua mensagem já alcançou mais de 1 bilhão de pessoas por meio da televisão, rádio, mídia impressa e eventos presenciais.

Recentemente, Palau havia sido transferido para sua casa, a fim de receber cuidados paliativos — realizados quando o tratamento curativo já não funciona e não há possibilidade de cura.

Nascido na Argentina em 27 de novembro de 1934, Palau se tornou um seguidor de Jesus Cristo aos 12 anos, apenas dois anos após a morte prematura de seu pai. Ele começou a pregar nas esquinas quando era adolescente e apresentava seu próprio programa de rádio cristão aos 19 anos. 

Ele foi para os Estados Unidos em 1960 e se formou na Escola Bíblica de Multnomah (agora Universidade Multnomah) em Portland, onde sua esposa, Patricia Scofield. Juntos, eles embarcaram em uma vida de missões — primeiro indo para a América Latina e, finalmente, para mais de 80 nações ao redor do mundo.

“Não me arrependo de dedicar meus anos, desde menino, pela causa das Boas Novas. Se eu tivesse mil vidas, eu dedicaria todas ao mesmo chamado”, disse Luis Palau em vida.

No início do ministério, Palau serviu como estagiário na Associação Evangelística Billy Graham, ajudando como tradutor de espanhol do falecido evangelista Billy Graham. A participação no ministério de Graham foi essencial para que Palau conseguisse iniciar sua própria organização evangelística em 1978. Ao longo de suas vidas, Palau e Graham permaneceram amigos íntimos. 

Com um coração especial por seu país natal, a Argentina, e pela América Latina, muito do trabalho de Palau ao longo dos anos se concentrou na língua espanhola. 


Em 2008, Luis realizou uma grande campanha evangelística em Buenos Aires, na Argentina. (Foto: Luis Palau Association)

Palau e sua equipe realizaram mais de 500 campanhas evangelísticas, festivais e comícios em mais de 80 países, incluindo campanhas históricas nas principais cidades do mundo, como Nova York, Buenos Aires, Londres, Madrid, Cingapura, Hong Kong, Cairo e Cidade do México.

Durante os anos 70 e 80, Palau foi um dos poucos pregadores estrangeiros autorizados a realizar campanhas evangelísticas dentro da antiga União Soviética. Quando a Cortina de Ferro caiu em 1991, ele foi um dos primeiros a realizar campanhas em estádios ao ar livre na região. 

Campanhas semelhantes em nações “fechadas” no Oriente Médio e na Ásia também ajudaram a quebrar barreiras e estabelecer novos padrões para o evangelismo em massa. Além das cruzadas evangelísticas, o ministério de Palau criou programas de rádio diários em espanhol e inglês, alcançando mais de 48 nações.

Por meio de todos esses esforços, Palau e sua equipe fizeram parceria com dezenas de milhares de igrejas para conduzir milhões de pessoas na decisão de seguir a Jesus Cristo.

Luis Palau deixa sua esposa, Patricia; seus filhos Kevin, Keith, Andrew e Stephen; suas noras Michelle, Gloria e Wendy; suas irmãs Matilde, Martha, Catalina, Margarita e Ruth; seu irmão Jorge e 12 netos.

Um culto memorial privado será realizado em Portland e será transmitido ao vivo para o público em geral.

Fonte: https://www.guiame.com.br/gospel/mundo-cristao/morre-o-evangelista-luis-palau-considerado-sucessor-de-billy-graham.html.

×

Powered by WhatsApp Chat

× Como posso te ajudar?